Consumo consciente: 5 dicas para se tornar um consumidor sustentável

Sustentabilidade na moda

|

16 de junho de 2022

|

Certamente, você já deve ter ouvido falar várias vezes em consumo consciente, não é mesmo? Mas, afinal, você sabe o que significa esse termo?

O consumo consciente nada mais é do que uma forma de escolher o que vamos comprar pensando nos impactos que aquele produto ou serviço causará no meio ambiente, na sociedade e até mesmo em nossas finanças.

E na indústria da moda esse novo modelo de consumo se faz cada vez mais urgente. Globalmente, essa indústria emprega mais de 300 milhões de pessoas ao longo da cadeia de valor, e, no Brasil, são mais de 1,5 milhões de empregos diretos e 8 milhões de empregos indiretos, dos quais 60% são de mão de obra feminina.

Porém, nem sempre a moda preza pela geração de impactos positivos para o planeta e para as pessoas, já que é responsável por 8 a 10% das emissões mundiais de carbono, sendo a segunda maior poluidora do mundo de acordo com a ONU, além de também estimular o uso de matérias primas virgens, fazer uso intensivo de energia, água e materiais tóxicos, e, muitas vezes, usar até mesmo o trabalho infantil e condições similares ao trabalho escravo.

Por isso, adotar hábitos sustentáveis é fundamental se quisermos preservar o planeta. Para isso,  o consumidor consciente deve adquirir conhecimento sobre tudo relacionado ao produto que vai comprar, escolher muito bem as empresas que se tornarão clientes e analisar os impactos que essa gera no planeta, como ela trata seus colaboradores e muito mais.

Você também quer fazer parte desse time? Então confira 5 atitudes para aderir agora mesmo ao consumo consciente.

1-Consumo consciente: invista em peças de qualidade 

Ter poucas e boas peças de roupas é uma das melhores formas de ser sustentável na moda e se tornar um consumidor consciente.

Afinal, uma peça de qualidade tem uma durabilidade muito maior do que uma peça feita com material de baixa qualidade como o poliéster, por exemplo, onde são gastos cerca de 70 milhões de barris de petróleo por ano para produzir esta fibra. 

Por isso, prefira roupas, sapatos e acessórios confeccionados com material de qualidade, que vai durar muitos anos em seu armário. Desse modo, você evita o descarte de roupas e pode até mesmo desapegar da peça em brechós, bazares, etc.

2- Compre de marcas comprometidas com o meio ambiente 

Outra forma de fazer a sua parte é comprar roupas apenas de marcas comprometidas com o meio ambiente.

Assim, se atente se aquela grife que você adora apoia alguma causa ambiental e principalmente, procure saber como é o processo de produção das roupas e acessórios.

Prefira marcas que não usem tecidos de origem animal na fabricação de roupas, bolsas e sapatos e também aquelas que não poluem o meio ambiente, não desperdiçam dejetos, reciclem seus materiais, etc. 

3. Desapegue das peças que você NÃO quer mais

Depois da indústria do petróleo, a indústria da moda é a que mais gera impacto no meio ambiente, não só pela emissão de gás carbônico, mas também pelo desperdício, contribuindo assim para uma enorme produção de lixo.

Segundo a Forbes, só nos EUA, cerca de 32 quilos de roupa são descartados anualmente.

Por isso, a melhor forma de evitar o desperdício é doar ou vender aquelas peças que você não curte mais.

Hoje em dia, existem vários brechós de confiança, onde você pode desapegar de roupas, sapatos e bolsas que já não te servem.

4. Compre em brechós 

Os brechós são um dos melhores aliados da moda circular e sustentável. Afinal, todo o processo envolvido para produzir uma só peça de roupa causa danos enormes ao planeta. Por ano, são gastos cerca de 93 bilhões de metros cúbicos de água na produção de peças de vestuário e outras.

Assim, reutilizar roupas, sapatos e acessórios é uma das melhores formas de diminuir o impacto que a indústria da moda causa no meio ambiente.

Por isso, sempre que puder dê aquela garimpada nos brechós da sua cidade ou até mesmo em brechós online. 

Consumo consciente: 5 dicas para se tornar um consumidor sustentável

5- Diminua o consumo 

Reduzir o consumo sem dúvida é uma das principais atitudes que você pode tomar no seu dia a dia para diminuir o impacto da indústria da moda no meio ambiente.

Afinal, para atender a uma demanda constante e gigantesca de consumo,  as marcas e empresas precisam retirar cada vez mais matérias-primas do meio ambiente, usar uma grande quantidade de  energia elétrica, de água etc.  

Todo este processo é extremamente prejudicial ao meio ambiente, pois aumenta a emissão de gases poluentes e destrói diversos ecossistemas.

Além disso, cada vez mais as peças produzidas pela indústria têm menor qualidade e, consequentemente, menor tempo de vida útil. 

Por isso, evite comprar por impulso e pense bastante antes de adquirir uma peça. Avalie se você vai de fato usá-la ou, ela vai ser mais uma entre milhares que vão ficar paradas no seu closet.

Consumo consciente: 5 dicas para se tornar um consumidor sustentável

Inffino: uma empresa comprometida com o consumo consciente e a moda sustentável

Como vimos, a indústria da moda gera um grande impacto ambiental e socioeconômico no planeta. Por isso, é fundamental que empresas e consumidores se unam em prol de um objetivo: promover uma moda consciente e cada vez mais sustentável.

Para lidar com tais impactos, a Inffino está na transição para a moda circular e sustentável, sendo papel da empresa mostrar para seus consumidores e clientes que todos podem contribuir fazendo com que peças de luxo, que estariam em desuso, mantenham-se em uso pelo maior tempo possível.

Dessa forma, fortalecemos ainda mais a concepção já existente de que as peças da moda de luxo por si só têm uma tendência para a moda circular e sustentável, já que são mais duráveis por natureza, utilizam material de alta qualidade em sua fabricação, disseminam a cultura de transmissão entre gerações, muitas vezes, incentivam artesãos locais qualificados e com técnicas de artesanato tradicionais, e utilizam materiais de produtores locais.

Por isso, a Inffino se caracteriza como um modelo de negócio circular, pois trata-se de um e-commerce de acessórios de luxo especializados em peças secondhand[2]. Ou seja, damos novo significado a peças que seriam descartadas ou esquecidas no fundo do closet. Nós estendemos a vida útil dos produtos por meio da circulação desses entre diferentes pessoas, geramos valor financeiro para quem vende as peças e empregos para fazer nosso negócio funcionar. Além disso, contribuímos com um desenvolvimento sustentável, aliviando a pressão do planeta por novos recursos para a produção de novas peças, além de estimularmos uma forma de consumo mais consciente e sustentável.

Em nossa concepção, não basta ter um modelo de negócio sustentável. O ESG deve ser a nossa base de valores e estar presente em todos os gestos. Devido a isso, em 2021 fizemos um profundo trabalho de análise de TODOS os processos internos realizados pela nossa equipe definindo ações que já foram implementadas e metas a curto e médio prazo, para contribuirmos ainda mais com o desenvolvimento sustentável do nosso planeta.

Conheça algumas das nossas ações em prol de uma moda consciente e sustentável

Parceria com a EURECICLO

Através da nossa parceria com a EURECICLO, investimos na logística reversa, garantindo que 100% dos materiais equivalentes às nossas embalagens sejam reciclados, fomentando a Economia Circular;

Diminuição da emissão de carbono e preservação de florestas nativas

Sabemos da importância em mitigar os impactos ambientais causados pelas mudanças climáticas e entendemos a nossa responsabilidade enquanto empresa. Para tanto, estamos em processo avançado de parceria para mensuração da nossa pegada de carbono e neutralização das nossas emissões, investindo na preservação de florestas nativas, no reflorestamento e regeneração natural em áreas já desmatadas e na agricultura regenerativa.

Escritório sustentável

Iniciativas no nosso escritório: não utilizamos descartáveis; Todas as lâmpadas utilizadas em nosso showroom e escritório são lâmpadas LED, contribuindo para a eficiência energética; Praticamos a logística reversa das nossas cápsulas de café, garantindo a reciclagem delas; Utilizamos folhas de rascunho em nossa impressora, sempre que possível; Separamos e destinamos corretamente os nossos resíduos;

Iniciamos a migração dos produtos utilizados na limpeza e recuperação das peças comercializadas, para produtos que possuam embalagens recicláveis, compostáveis ou reutilizáveis.

Valorização da comunidade local 

Estamos empenhados em fortalecer a comunidade local e, para isso, já passamos a comprar nossas embalagens de fornecedores da região.

Nossas metas para o futuro

  • Substituir 100% dos produtos utilizados na limpeza e recuperação das peças comercializadas, para produtos que não agridam o Meio Ambiente e cruelty free até 2023.
  • Comprar 100% das embalagens de fornecedores locais e regionais até 2023.
  • Disponibilizar, no nosso check-out, a opção de doação para causas ambientais auditadas até 2023.
  • Diversidade e inclusão em 20% dos colaboradores até 2024.
  • Elaboração de relatório de sustentabilidade até 2025.
  • Ser uma Empresa B Certificada até 2024.

Que tal desapegar das suas peças com uma empresa confiável? A Inffino atua há anos no mercado e é uma das pioneiras em compras e vendas de produtos de luxo second hand.

Além disso, você também pode comprar peças das principais grifes como Gucci, Prada, Dior e Chanel e muitas outras, pelo melhor preço? Então, corre lá no nosso site  e confira todos os nossos acessórios, sapatos, bolsas e roupas.

Compartilhar

INSTAGRAM.

Follow @inffino.oficial
@2022. Inffino by Projetual