História da Givenchy: do “little black dress” até os dias de hoje!

História da moda

|

20 de janeiro de 2022

|

Hoje falaremos um pouco sobre a história da Givenchy, uma das grifes francesas mais famosas do mundo todo.

Fundada por Hubert de Givenchy, em 1952, a maison contribuiu muito para o mundo da moda.

Aliás, se você é daquelas que ama o bom e velho vestido preto, então, pode agradecer a Hubert.

Afinal, ele e a atriz Audrey Hepburn ajudaram a popularizar esse item que é tão indispensável em nossos guarda-roupas até hoje.

Quer saber mais sobre essa história? Então, confira !!!

História da Givenchy: Como tudo começou!

Hubert de Givenchy | Wall Street International Magazine
Hubert de Givenchy. Fonte: Pinterest

Hubert James Taffin de Givenchy nasceu em 21 de fevereiro de 1927, em Beauvais, Oise, no norte da França. 

Aos 17 anos, ele se mudou para Paris para perseguir seu sonho de se tornar designer de moda. Assim, o jovem participou de um estágio em uma casa de alta costura, enquanto estudava na École des Beaux-Arts.

 Ele se tornaria então Diretor Artístico da boutique Schiaparelli, localizada na Place Vendôme em Paris.

Além disso, ele também trabalhou com Cristóbal Balenciaga, a quem Givenchy muitas vezes atribui seu visual e estilo de design.

Givenchy  foi responsável pelas tendências da moda clássica dos anos 1950 e 1960, enquanto vestia desde princesas e primeiras-damas até atores.

No início de sua carreira, trabalhou ao lado de alguns dos maiores ícones da moda, como Pierre Balmain e Christian Dior.

Ele então abriria sua casa de moda homônima em 1952, aos 25 anos, quando foi nomeado o designer mais jovem de Paris na época.

Saiba mais sobre história da moda nos artigos:

The history of the house | GIVENCHY Paris
Fonte: Pinterest

Separates“: a primeira coleção da grife

Se hoje em dia é algo super comum entrarmos em uma loja e compramos apenas uma peça como uma saia ou blusa, mais uma vez temos que agradecer a Hubert de Givenchy.

Afinal, até 1952 comprar peças separadas era algo absolutamente incomum. Pelo menos até surgir a “Separates”, primeira coleção da maison.

A linha foi assim batizada, pois consistia em blusas clássicas e saias polidas sob medida que eram vendidas separadamente.

Isso foi uma aposta bem arriscada do designer já que vender peças separadas não era nada frequente na moda feminina de grife da época. 

A blusa ‘Bettina’, uma blusa de algodão com detalhes bordados inspirados no Flamenco, tornou-se icônica em sua coleção principal.

The history of the house | GIVENCHY Paris
Blusa Bettina. Fonte: Pinterest

Ao contrário de Christian Dior, Givenchy  optava por tecidos mais baratos para criar suas peças.

Isso aconteceu no início de sua carreira devido às finanças, mas o que lhe faltava em material compensava em design. 

Mais tarde, suas criações lhe renderiam uma inscrição no Hall da Fama da Lista Internacional de Melhores Vestidos em 1970.

Givenchy e Audrey Hepburn: uma amizade que marcou a moda e o cinema

Quando pensamos em moda e em cinema, certamente dois clássicos vem à nossa cabeça; o icônico vestidinho preto e o lendário filme “Breakfast at Tiffany’s”, “Bonequinha de luxo” em português.

O mais curioso de tudo é que ambos têm uma forte ligação. Na verdade, um não seria nada sem o outro.

Tudo começou em 1957 quando Hubert conheceu a jovem atriz Audrey Hepburn. Imediatamente, surgiu entre os dois uma amizade que não só marcaria a moda e o cinema, mas também que duraria o resto de suas vidas e assim, marcaria também a história da Givenchy.

Afinal, Givenchy criou muitos dos looks mais icônicos de Hepburn. Entre eles está o “vestidinho preto” que foi usado na cena de abertura de “Breakfast at Tiffany’s”. 

Assim, o The little black dress se tornou um item clássico da moda e que faz parte do guarda-roupa de 10 em cada 10 mulheres.

Se Coco Chanel inventou o vestido preto, Givenchy foi o responsável por transformá-lo em um clássico da moda.

hunting for something? | Chanel little black dress, Breakfast at tiffany's  costume, Iconic dresses
Audrey Hepburn e o icônico `little black dress desenhado por Hubert de Givenchy. Fonte: Pinterest

“Ele é a única roupa em que eu sou eu mesmo. Ele é muito mais que um costureiro” disse uma vez a atriz sobre o falecido designer.

Hepburn também foi o rosto da primeira fragrância de Givenchy, L’Interdit, perfume feito por Hubert especialmente para ela.

givenchy audrey hepburn wedding dress - Cheap Online Shopping -
Audrey Hepburn e Givenchy. Fonte: Pinterest

História da Givenchy: compra pelo grupo LVMH e morte de Hubert de Givenchy

O grupo LVMH, gigante da indústria da moda, comprou a Givenchy em 1988 quando Hubert de Givenchy se aposentou.

Seus sucessores foram algumas das mentes mais jovens, talentosas e criativas que trabalharam na indústria da moda como John Galliano, Alexander McQueen, Julien MacDonald e Riccardo Tisci, e atualmente Clare Waight Keller.

Conhecido por seu estilo requintado e designs chiques, o ícone da moda faleceu enquanto dormia em uma noite de sábado.Enfim, confira também todas as nossas peças impecáveis da Givenchy e siga a Inffino no Instagram para ficar por dentro de todas as novidades da nossa loja.

Compartilhar

INSTAGRAM.

Follow @inffino.oficial
@2022. Inffino by Projetual